Você sabe qual o ativo mais importante da sua empresa?

Sua marca? Suas máquinas? Suas instalações? Sua linha de produção? Seu estoque?

Se você acha que é qualquer um dos itens acima, sinto te dizer, mas você está completamente enganado(a).

O principal ativo da sua empresa são seus colaboradores. Sem eles, não adianta você ter um bom produto, instalações modernas e uma marca atraente e forte. 

Por isso, grandes grupos empresariais têm como política, manter o engajamento dos colaboradores para melhorar o faturamento e manter a competitividade. E se não bastasse isso, fomentar o pleno crescimento da empresa.

Mas você deve estar se perguntando: o que colaboradores engajados têm a ver com lucro e crescimento de um negócio? Eu te respondo: Tudo!! 

Segundo uma pesquisa da consultoria Right Management feita em 15 países, os custos dessa desmotivação podem se tornar altíssimos, já que problemas como estes começam a acontecer:

– queda na qualidade do serviço/ produto;

– baixa produtividade;

– conflitos dentro da empresa;

– insatisfação e cansaço aparente, até mesmo para os clientes;

– atendimento comprometido;

– grandes talentos ficam escondidos;

– alto índice de reclamações dos clientes;

– procrastinação;

– falta de inovação.

E não pense que essa apatia e falta de interesse têm a ver com salários. Muito mais do que dinheiro, os colaboradores querem fazer parte de sua empresa, terem autonomia, serem envolvidos nos processos… Enfim, serem reconhecidos. É o que o mercado chama de recompensa social.

E sabe por que eu estou falando sobre isso? Porque não adianta nada investir em marketing, ter uma estratégia para atrair novos clientes, aquecer os que já estão em sua base, ter uma marca conceituada e produtos de qualidade, se seus colaboradores estão desmotivados. Esse descontentamento será refletido nos clientes, afinal, quantas vezes não desistimos de uma compra devido ao atendimento ruim? 

Então para virar esse jogo, você pode pensar em estratégias para motivar mais a sua equipe, como: 

– Dar mais autonomia a seus colaboradores;

– Mostrar o valor de cada um;

– Demonstrar confiança;

– Elogiar pequenos acertos;

– Incentivar com bonificações (nem sempre é preciso dinheiro, quem sabe uma folga?);

– Promover atividades fora da empresa junto da equipe (isso gera ainda mais interação e troca);

– Estar aberto a ouvir;

– Fazer planos de curto e longo prazos junto de seus colaboradores;

– E mostrar sua preocupação com o bem-estar deles.

Perceba que com mudanças simples, você conseguirá resultados incríveis junto de sua equipe, o que refletirá de forma positiva no seu marketing e, consequentemente, em suas vendas. É a engrenagem funcionando como deve ser.

Esse conteúdo fez sentido pra você?

Aproveite para acompanhar meu Instagram para receber esse tipo de conteúdo todos os dias! Te espero por lá!